quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

Depois do hexa vem o que?

Quis o destino que a história terminasse assim. Lá na longínqua data de 17 de agosto de 2008, o último resultado negativo do São Paulo Futebol Clube no ano, com um gol em posição de impedimento o Grêmio venceria a partida, dispararia na liderança, e seguia forte rumo ao título da temporada. O Tricolor gaúcho vencia, e estava convencendo até o momento. Restava ao São Paulo, o campeão das últimas duas temporadas, sonhar com uma vaga na Libertadores.
Passou os meses, a crise mundial abalou o mundo, e como uma prece, uma divindade, Barack Obama vencia as eleições de forma surpreendente, como um furacão, em menos de dois anos surgiu ao mundo e virou presidente da maior potencia mundial.
Lewis Hamilton era campeão mundial de Fórmula 1 ultrapassando o adversário na última curva, com um ponto a mais sobre o São-paulino Felipe Massa.
Foi naquela mesma tarde da tristeza de Massa, que o São Paulo, resgatando as forças de tuas glórias, venceria seu jogo e assumiria a liderança do Brasileirão.
A história terminou assim, no dia 07 de dezembro, com um gol impedido de Borges, o Grêmio, o último a derrotar o São Paulo não era campeão.
Pela terceira vez seguida, e a sexta na história, o São Paulo Futebol Clube se tornava Campeão Brasileiro de Futebol.

Nenhum comentário: